top of page

Livros do selo Cult que você precisa conhecer

Apostamos que você não viu os últimos livros do selo Cult que saíram. Estamos certos? Não se preocupe que vamos lhe mostrar todos os lançamentos desse selo desde dezembro de 2021. Quem sabe um deles não é o seu escolhido para a primeira experiência Flyve do ano?


Confira agora os livros nacionais do selo Cult de dezembro 2021 até janeiro de 2022



Capa de "O Descendente de Ameryth", escrito por Dunya Kassab.  Mostra os olhos de um gato em cima, com o nome da autora em uma letra cursiva. Em baixo há algumas plantas com o título do livro emoldurado por detalhes verdes.

O Descendente de Ameryth - Por Dunya Kassab


Sinopse: Leoni é habitado por gatos, assim como Tygrens, Jakwaar e as Ilhas Pantteri, que formam, juntos, os Quatro Continentes. Lá, Aryel Saffir, da raça Balinês Siamês, leva uma vida normal, igual a de qualquer gato adolescente, a não ser o fato de seus pais ficarem tempo demais longe de casa e ambos os irmãos serem esquisitos. Os dias cansativos de sua vida monótona consomem suas energias, por isso, o que mais deseja são as férias. No entanto, assim que esse tão abençoado período chega, Aryel se vê cercado por uma teia de mistérios e tramas perversas com as quais jamais imaginou que se envolveria. Ele recebe então um estranho pedido de socorro, acompanhado da visita de um sujeito peculiar. Em seguida, sua casa é invadida e destruída, Aryel perde a memória e nada faz sentido, como peças de um quebra-cabeças que não se encaixam. Sua única conclusão é que se encontra em perigo extremo e alguma força maligna está à sua espreita, esperando para dar o bote fatal.


Uma fantasia científica com 312 páginas.


Veja mais aqui.



Capa de "O Ancap" escrito por Fausto Oliveira. Mostra recorte de rostos em colagens, como se fosse feito com pedaços de revista, inclusive o título é com letras diferentes, como se fossem recortadas. No meio há uma linha que indica batimentos cardíacos. A capa tem tons escuros entre cinza, preto, branco e vermelho.

O Ancap- Por Fausto Oliveira


Sinopse:O Ancap narra a dissolução traumática de uma amizade, a partir do momento em que dois jovens estudantes de economia tomam caminhos absolutamente divergentes. Um deles se torna anarco-capitalista e inicia um processo de deterioração moral. Já o outro completa o curso e vira empresário industrial. O rompimento dessa amizade deságua num conflito que atinge proporções sociais e políticas, conforme o jovem Ancap toma parte em uma tentativa de extinguir a saúde pública brasileira, com a finalidade de enriquecer em associação com um lobby político do setor de saúde privada. O Ancap é uma leitura rápida, que nos conduz por pontos cegos do debate econômico e social contemporâneo sem deixar de apresentar uma narrativa intensa que prenderá os leitores até o assombroso final. Uma Ficção de Economia O Ancap

Saiba mais aqui.

Capa de Neo Cangaço 2098 escrito por Rennan E.Lourenço. Com fundo preto e letras e desenhos em cores neons de rosa e azul, mostra a silhueta de um pequeno cangaceiro em cima, com o título vertical logo abaixo. Pelos lados uma rede emaranhada do que lembra fios em tons de neon rosa.

Neo Cangaço- Por Rennan E. Lourenço


Sinopse: Em 2098, Bastião procura o mínimo de conforto que se é possível encontrar em uma cidade esquecida no interior da Paraíba. Ele dispõe de tecnologia, drogas e de seu carisma brasileiro, mas nasceu em meio ao medo e à violência. Bastião pertence a uma comunidade marginalizada do nordeste, que sofreu ainda mais quando as reviravoltas sociais que antecederam por anos o seu nascimento ascenderam a sociedade urbana do Brasil à uma cidade nas nuvens, condenando grande parte do povo nordestino ao esquecimento. Em seus sofridos 19 anos de vida, o rapaz se depara com a morte dezenas de vezes, mas um evento brutal o expulsa de seu repouso e o obriga a trilhar uma cruzada sangrenta, invocando as antigas histórias do cangaço, para então chocá-lo contra um movimento muito maior que ele, no qual forças esmagadoras lutam pela preservação ou destruição de um novo coronelismo. Um CyperPunk com 346 páginas


Veja mais aqui.


Capa de "O Segredo de Sophia" escrito por Victor F. Zidioti. Mostra como se fosse o contorno com cabelos lisos do rosto de uma mulher, mas no local do rosto há a silhueta de um homem em frente a uma paisagem cinza. A capa é toda em tons de preto, branco, cinza e um marrom muito claro.

O Segredo de Sophia- Por Victor F.Zidioti


Sinopse: Você já ouviu falar de uma cidade pequena chamada Colina Agradável, com seu vasto bosque e casas antigas? Se não, já aviso-lhe, não se aproxime desse lugar. Se está viajando e acabar avistando-a das janelas do seu carro, não pare, siga em frente e não olhe para trás. Você não vai querer saber o que acontece em Colina Agradável, mesmo que lá tenha uma ótima livraria que é gerenciada pelo um escritor local, Darius H. Levi. Abandonado aos treze quando seus pais sumiram misteriosamente. Mesmo que lá também tenha a melhor cafeteria da região, a Café e Arte, que tem como dona Heloise Pinheiro. Mulher com olhar certeiro para pessoas mal-intencionadas. E se precisa de flores, em Colina Agradável tem a floricultura da Dona Rosa, senhora com caráter bondoso e muito amorosa. Mas o problema mesmo é a chegada de uma mulher ruiva, que trás consigo não apenas seus olhos verdes, mas mistérios obscuros de acontecimentos a muito tempo enterrados. Seu nome é Sophia Baumann e ela esconde um grave segredo. Mais uma coisa, enquanto estiver passando por lá e ouvir gritos de socorro vindos do bosque, não se preocupe. Torça para ter sido o ataque de algum animal, pois em Colina Agradável, existem coisas bem piores lá fora. Um romance de terror com 170 páginas


Veja mais aqui.



Capa de "O Poeta Guerreiro", escrito por Rodrigo Müller. Mostra um guerreiro na frente de uma vitral. Ele tem uma espada e um pano enrolado no pescoço e está de armadura. Seus olhos são dourados, o que contrasta com o título também em tons de dourado e detalhes avermelhados.

O Poeta Guerreiro - Por Rodrigo Müller


Sinopse: A sina do anjo guerreiro começa com seu fracasso, quando Lainzvél descobre que foi amaldiçoado e condenado a viver nas trevas sem nunca encontrar o seu amor verdadeiro, sendo então conhecido como o Anjo Renegado, por ter abandonado os seus desígnios e desistido da sua missão, deixando os seus seguidores à própria sorte. Lainzvél se torna o anjo fracasso, ele é odiado e caçado por seus iguais no mundo, que procuram solucionar o enigma a respeito do verdadeiro objetivo dos Anjos da Terra, respostas que desde o início Lainzvél omitiu. O Anjo Renegado vem a vós agora e conta a sua própria história através de textos um tanto poéticos, metafóricos e simbólicos, procurando através deste livro explicar o que sentiu e o que o levou a fazer tudo que fez, sendo um profundo relato que pode ser agoniante e ao mesmo tempo reflexivo e brutal. O anjo poeta escreveu este livro para todos os Anjos da Terra que vagueiam pelo mundo, para que todos saibam da verdade a respeito da sua missão. Para que possam compreendê-lo e no fim perdoá-lo. Para que no fim Lainzvél possa amar... e ser amado. Uma fantasia angelical com 324 páginas amareladas


Veja mais aqui.



Capa do livro "A viagem da menina tigre e do menino panda" escrito por Sérgio Brázio. É uma capa ilustrada, mostra uma menina de tranças e cauda de tigre e um menino  com rosto de panda em um caminho que leva  à um portal envolvido por uma silhuete macabra, com olhos brancos luminosos.  AO redor da capa há uma floresta vermelha e o título é branco.

A viagem da menina tigre e do menino panda- Por Sérgio Brázio


Sinopse: Num Mundo estranho, devastado por uma guerra que aconteceu há centenas de anos, onde estranhos animais, plantas e criaturas monstruosas vagueiam pelas ruínas de antigas cidades, uma Menina com orelhas e cauda de tigre viaja sozinha por aí, com o objetivo de chegar a uma gruta misteriosa que existe no topo de uma montanha, da qual seu Avô tinha-lhe falado. Pelo caminho, encontra um Menino, com orelhas redondas e negras, em perigo. Depois de o salvar, o Menino implora para ir com ela, já que está sozinho. Ela acaba por aceitar, e os dois começam a chamar-se entre si pelos nomes: Menina Tigre e Menino Panda. Então os dois viajam juntos, e sentem todos os tipos de emoções devido às inúmeras situações passadas durante a viagem. Mas um Monstro asqueroso e perverso persegue-os. Uma fantasia/mistério com 96 páginas.


* Livro em pré-venda, não pode fazer parte da experiência Flyve de início de ano.


Veja mais aqui.



Capa do livro "Dorhor" escritor por Arual Ortiz. O fundo é preto e na frente há montanhas em preto e branco. O título é branco com letras que lembram antiguidade e misticismo.

Dorhor - Por Arual Ortiz


Sinopse: As pessoas sempre descreveram Aldon como imaturo e inconsequente, mesmo que carregasse nas costas um século de vida (e um pouco mais). Descendente de figuras lendárias, ele carrega consigo o legado de não ter sido a lenda que deveria ser. Rio das Ostras torna-se o seu refúgio paradisíaco impregnado de vida humana. E, mesmo com sua figura grandiosa, por vezes destoante do cenário e cheia de detalhes não humanos e mal vistos, perde-se assiduamente nos intentos de alegria, banhos de mar, épocas de carnaval e trabalhos mal remunerados. Embora sua figura e forma física evoquem titãs de outras eras, e que suas presas e bocas largas tenham como único intuito destruir e dilacerar, a única preocupação que o habita é beber cerveja e ignorar os chamados de seu irmão, que atravessam todas as camadas do Universo para soar tragicamente aos seus ouvidos. Não importa ser irmão de quem seja, não importa que Dortus seja conhecido em Dorhor como a morte que caminha sob duas pernas. É verão em Rio das Ostras e ele quer ser livre. Uma história sobre encontrar todas as dobras mais escuras da existência humana e os sintomas dos maus espíritos que atuam nela. Um retrato do limiar estreito que é necessário seguir nesses encontros e como os personagens os fazem para sobreviver. A regra é clara: os maus espíritos são os predadores naturais dos humanos e eles decompõem todos os trejeitos de felicidade. Um Fantasia com 506 páginas.


* Livro em pré-venda, não pode fazer parte da experiência Flyve de início de ano.


Veja mais aqui.


Gostou ? Então já corre para colocar no carrinho, apoiar escritores nacionais e garantir a sua experiência Flyve!

Commentaires


bottom of page