A REVOLUÇÃO
DOS UNICÓRNIOS

Logo Flyve_png4.png

apoio FLYVE

  Em 2024 o Brasil é governado por uma monarquia absolutista e ditatorial. Quatro brasileiros se levantam contra o Rei Messias, em busca de vingar a pátria e libertar o povo.

"uma história em várias etapas sobre um Brasil onde tudo deu errado" Lucas de Lucca

 

🥳 FAÇA PARTE E 
SAIBA DE TUDO🥳

Obrigado pelo envio!

fundo cassy.jpg

Cassy, o Bicha

  Cassy teve o nome americanizado pelos pais, soando Kessy e não Cassy, como deveria. Nasceu no sertão em uma cidade pequena, mas nada como os sulistas costumam imaginar que seja o sertão. Tinha uma casa confortável, apesar de humilde, amigos nas ruas e a vida de um pobre, mas sobrevivente, brasileiro.

  Cassy almejava mais para a própria vida e viu na educação sua salvação. Foi em busca do sonho: ser Doutor, especializado em história brasileira. Um pé na frente do outro, Cassy conquistou tudo que sempre quis, apesar de brilhar menos do que imaginava.

  A carreira acadêmica lhe tirou o tempo para amar, mas mesmo assim ele vivia. Em Fortaleza, onde passou boa parte da vida adulta, aproveitava a comunidade LGBTQIAP+ forte. Fez amigos, conheceu paixões, se divertiu e até pensou em adotar um gato.

  Mas o Rei apareceu. Depois da pandemia que levou seus pais, houve o maior golpe já visto pelo Brasil. O Rei tomou o poder, sentou no trono e proibiu Cassy e seus amigos de usar rosa e de ser qualquer coisa que não fosse o "homem de bem". Após ver um de seus amigos sendo morto por não seguir as regras, Cassy fugiu para a cidadezinha de onde nasceu.

  Sem seus pais, mortos pela doença, escolheu se esconder até que tudo se resolvesse sozinho, ou criasse coragem.

Cassy, foi inspirado em

inspiração.png
cassy o bicha cartaz.png
marcador verso.jpg
marcador de página.png

Brindes pelo apoio

  A Revolução dos Unicórnios é um projeto independente, sem grande financiador e nem milhares para investir em divulgação. Por isso, cada pessoa que nos ajudou a divulgar o lançamento de "Cassy, o Bicha" recebeu um kit de brindes de graça.

cartaz
+
marcador
+
gratidão

Design sem nome.png

🦄 leia "Cassy, o Bicha" agora!

   Cassy nasceu no sertão nordestino com o básico e sonhou alto. Ele conquistou sua educação, sua liberdade financeira e sentimental, e também o orgulho de ser.

   Mas, em 2022, isso foi tirado dele e de outros milhões de brasileiros. Após uma tensa eleição presidencial, um dos candidatos, descontente com o resultado, reuniu seus apoiadores e aplicou um golpe.

   Após o golpe tudo mudou rápido. O Brasil passou a ser chamado de Reino de Deus, a polícia e militares foram reforjados, passando a ser Arcanjos quase onipotentes, e o Presidente virou Rei, um Rei Messiânico, segundo ele mesmo.

   Cassy perde tudo que conquistou e foge, se escondendo na antiga casa dos seus pais. Ele sobrevive fingindo não ser quem é, buscando uma saída do terror na mentira.

   Após dois anos de negacionismo, ele encontra a solução em um chapéu de bacamarteiro e uma antiga escritura gaúcha, de terras onde seus ancestrais foram expulsos pelo racismo. Cassy buscará no passado o que lhe foi negado no presente usando a única linguagem que sobreviveu: a violência.

🥰 AVALIAÇÕES 🥰

1630962211004_edited.jpg
1630962210982_edited.jpg
1630962210994_edited.jpg
Ayla cartaz fundo fontes.png

Ayla, a Tamanduá

  Ayla mora em Xapuri, uma pequena cidade do Acre, onde também faz parte de uma ONG de proteção da fauna local. Mora com a mãe, o pai não se sabe onde foi parar, e é apaixonada por um tamanduá-bandeira que resgatou.

  Em um dia comum, por acaso, estava na hora certa e lugar certo para evitar uma chacina na escola perto da ONG. Da sua ação heroica ficou com a espada do quase assassino, e uma ameaça de morte.

  Acusada por crimes que não cometeu, Ayla precisa fugir de Xapuri para proteger sua mãe e a si mesma dos arcanjos. Ela busca sua verdadeira liberdade em Rio Branco e com os rebeldes, mas acaba se envolvendo em ações maiores que sua própria recompensa de R$10 mil.

  A Revolução dos Unicórnios é um projeto independente, sem grande financiador e nem milhares para investir em divulgação. Por isso, sua ajuda a espalhar "A Revolução dos Unicórnios" merece um presente.

Brindes pelo apoio

Conheça os brindes ganhados por quem nos apoiou na divulgação de "Ayla, a Tamanduá"

cartaz
+
marcador
+
adesivo

Ayla tamandua cartaz.png
marcador lado 2.png
marcador lado 1.png
adesivo sem fundo.png

Tuiuiu, Romeu pós Golpe

Tuiuiu nome.jpg

  Tuiuiú é um sujeito de Barra dos Garça, no MT, que se considera irresistível. Após o golpe ditatorial do Rei, que hoje comanda o Brasil com regras absurdas e preconceituosas, o conquistador teve que se limitar a ficar apenas com mulheres em público. Mas isso não significa que no sigilo nada aconteça.
  Um Príncipe aparece em Barra. Filho do Rei e com olheiras fundas seu nome é Rian. O Príncipe demonstra interesse em Tuiuiú e após algumas provocações e momentos de tensão, os dois percebem que é melhor ficar juntos, com o risco de serem mortos, do que suportar a dor e aceitar que é errado.

 @NaoSou1Unicornio não é uma conta de Instagram, mas sim uma causa em 2024. Onde a mídia é controlada pelo Rei, apenas em @NaoSou1Unicornio tem a coragem de trazer a verdade e expor as crueldades e injustiças.

  Por isso, além de comunicador, @NaoSou1Unicornio se tornou o nome da resistência dos brasileiros que não aceitam a nova monarquia. Quem quer lutar, de qualquer forma, sempre encontra seus iguais aqui.

  Mas nem sempre foi assim. @NaoSou1Unicornio era apenas o @ de Instagram de uma menina paulistana que sofria tanto bullying, que preferiu se esconder atrás de um desenho seu.

  O nome surgiu quando o Rei, ainda presidente, declarou "Essas pessoas criticam meu governo porque querem ser tratadas de forma especial, como se fossem unicórnios". Lentamente, contando sobre as violências do Rei, e apontando o possível golpe, ela se tornou famosa.

  E quando mostrou a cara, correndo todos os riscos possíveis, virou um símbolo de esperança e luta.

NAO SOU1 UNICORNIO SEMFUND.png
thumb video principal.png

Lucas de Lucca

criador de "A Revolução dos Unicórnios"

Lucas estreou como escritor com O Corvo Negro (Independente), em 2016, após receber a premiação do FMC de Bento Gonçalves, competição que ganharia novamente no ano seguinte, com Nova Rajux (Novo Século) e A Primeira Profecia (Independente).

  Atuou como coordenador de projetos culturais e artísticos de 2016 a 2019, fazendo parte de mais de 30 eventos e produtos artísticos.

  Em 2018 fundou a Flyve, uma editora que publica livros de autores brasileiros, com selos que viabilizam a construção de carreira individual.

Como palestrante e oficineiro, já participou de mais de 100 experiências, inclusive ao lado de autores renomados nacional e internacionalmente como Affonso Solano, Christopher Kastensmidt e Pedro Guerra.

  • twitch
  • Twitter
  • Instagram
  • YouTube
  • Spotify - Black Circle

🥳 FAÇA PARTE E 
SAIBA DE TUDO🥳

Obrigado pelo envio!