Você sabe qual é a jornada de compra do seu leitor?


Letras com luz branca escrito "a jornada está on" em inglês.
"A jornada está ligada"- Foto disponível no Unsplash

Nos meios da comunicação e vendas os profissionais costumam estudar a jornada de compra do seus clientes. E essa jornada vem mudando com a adição da tecnologia e os avanços dos meios de comunicação. Para os escritores é essencial não apenas saber quem é o seu leitor, mas também encaixá-lo em sua própria jornada, aquela que o levará ao ponto que todos os escritores querem: a compra do livro.


Você já conhece a jornada de compra do seu leitor?


Tudo começa pelo aprendizado e a descoberta: o leitor não sabe quem você é e nem onde está seu livro. Na verdade, ele não sabe que quer o seu livro ainda. Essa é a fase em que você precisa chegar nele, fazer conteúdos que chamem a sua atenção. Pesquise pelo que seu leitor se interessa e comece a fazer ações e conteúdos sobre.


Depois temos o reconhecimento: seu leitor após pesquisar, começa a entender que tem uma necessidade, uma vontade, de ler algo a respeito uma temática, possivelmente a que você aborda.


Então chegamos na consideração: agora ele procura algo, um livro, que traga o que ele começou a desejar após reconhecer que tem uma necessidade.


Só em seguida chega o momento da decisão: o momento em que ele pesquisou, conheceu, ficou com vontade e finalmente passou o cartão e levou seu livro.


Acha que acabou?


De jeito nenhum!


Após essa fase, vem o momento de encantar o leitor, de o fidelizar. Ele comprou, mas leu o livro? Continue chamando seus leitores a lerem, peça a eles avaliações da sua obra, converse, interaja com eles e os incentive não só a lhe acompanhar como também indicar seus livros.


Lembre-se:


O melhor leitor é aquele que não só lê, mas promove o seu livro para todos que conhece.




Entendeu a jornada de compra do leitor? Muito bom, agora vamos ver como, na prática, o leitor vai encontrar seu livro.


É normal o autor imaginar que o leitor vai apenas entrar na livraria, topar com seu livro e comprar. Apesar de isso ainda acontecer volta e meia, com a evolução da comunicação esse não é mais o primeiro passo do leitor. Na verdade, o mais normal é que o leitor escute falar do seu livro ou o veja em uma de suas redes sociais. Depois de ver algumas vezes ele começa a ficar curioso e busca saber mais, ler a respeito e, em muitos casos, procura mais informações sobre o autor. Só depois de perceber que tem interesse na obra e sentir que precisa lê-la é que ele vai a livraria, já com o desejo de compra e o título que tem em mente.


Muitas vezes ele nem precisa ir na livraria, alguns leitores preferem comprar tudo online (ou só tem essa opção) e hoje isso não é mais um problema.


Fica mais ou menos assim:


Ele vê o livro várias vezes (muitas vezes online ou em meios de comunicação)-> Pesquisa mais a respeitos-> Passa um tempo descobrindo o livro e se encantando por ele-> E só então vai a uma livraria ou editora, seja física ou online, para fechar a compra.


Percebe como tudo mudou? Agora que sabe, você precisa se adequar e criar formas de chegar ao seu leitor, o encantar, para que ele complete a jornada de compra. Muitos autores têm feito isso usando a internet, as redes sociais e blogs, de forma estratégica. Por isso é necessário entender todas as fases para que você possa criar ações e conteúdos que engajem seus leitores em cada uma delas, inclusive, conteúdos que podem ser lançados simultaneamente já que é normal ter vários leitores em momentos diferentes.


Gostou? Então confere esse post com algumas dicas de conteúdos que você pode fazer para cada fase em suas redes sociais.