Parceria e publieditorial: entenda a diferença e como elas podem ajudar os escritores


Livros do Paulo Coelho, um notebook, uma planta e um café. Quase tudo em tons brancos.
Publieditorial e parcerias são importantes para a visibilidade do livro

Parcerias e publieditoriais são sem dúvidas passos importantíssimos para que os escritores consigam fazer seus livros terem visibilidade. Mas você sabe a diferença entre os dois? O que você precisa avaliar antes de firmar um acordo? Ou como encontrar cada um deles? Se não sabe ainda os melhores caminhos, não se preocupe, que a gente ensina!


Entenda agora diferença entre publieditorial e parcerias


Apesar de serem bastante confundidos e até usados como sinônimos, parceria e publieditorial são diferentes e em um ponto bem específico: O publieditorial é pago e a parceria não.


E como elas funcionam da prática?


No caso de publieditoriais o autor ou editora precisará pagar o preço cobrado pelo influencer ou veículo no qual queira que determinado livro tenha visibilidade, seja por meio de resenhas, propaganda em banners, stories e várias outras modalidades. Além disso, é comum que o produto, nesse caso o livro, seja enviado pelo contratante. Contratante sim, pois nesse caso, os escritores estão comprando um serviço e isso precisa ser evidente.


Nas parcerias normalmente ocorre uma troca entre a editora/autor com o veículo, influencer ou comunicador. E essa troca pode ser enviando o livro, prometendo visibilidade também no instagram do autor ou editora, repostando o que o parceiro cria, enfim, ela é negociável. E a permuta é bastante usada por pequenas e médias contas nas redes sociais como instagram e twitter.


Por que procurar parcerias e publieditoriais?


A verdadeira pergunta é: como assim você ainda não procurou? O seu livro não vai se vender sozinho ou se tornar conhecido de forma rápida. E por mais que você tenha toda uma comunicação formada, uma rede social constante, você está limitado a ela, a sua audiência.


Conseguir parcerias e publieditoriais garante que outras pessoas conheçam o seu livro e leiam opiniões sobre ele dadas por veículos ou pessoas que já possuem autoridade no assunto, que o público já segue porquê admira esse trabalho. O livro e o autor, dessa forma, ganham credibilidade.


Além disso, alguns sites, blogs e youtubers conseguem aparecer no sistema de pesquisa do google. Ou seja, se alguém pesquisar sobre o escritor ou o seu livro, terá uma opinião ou propaganda bem ali.


E se não bastasse todas essas vantagens, o escritor ainda pode divulgar os materiais que saíram em suas próprias redes, garantindo mais conteúdo sobre o livro para seus leitores e até possíveis compradores indecisos.


Lembre-se: o escritor e o livro precisam ser vistos com frequência e em vários lugares, primeiro para se tornarem conhecidos e depois para não serem esquecidos. É um caminho longo, principalmente para escritores iniciantes, mas muito importante.


Vantagens e desvantagens entre os publis e as parcerias


Parcerias Vantagens:


Gratuitas (no máximo um frete incluso)

Normalmente duram mais tempo.


Parcerias Desvantagens:


Atrasos podem ser frequentes (tudo que é de boa vontade, mas não tem dinheiro envolvido, pode sofrer isso).

A maioria que topa são veículos menores.



Publieditoriais Vantagens


Entregas dos serviços pontuais e bem definidas.

Veículos de grande alcance de público.


Publieditoriais Desvantagens


É pago em dinheiro.

Normalmente duram só o tempo do serviço.


E como escolher quem é o melhor parceiro ou que tem o melhor publi para o seu livro?


Em ambos os casos, os escritores e editoras precisam analisar o engajamento dessas redes, ver se os seguidores são reais e não comprados ou de troca de interação (eles trocam interação entre várias contas e nem sempre convertem em vendas), analisar como o trabalho é feito, se é bom mesmo, em estética e em conteúdo.


E o mais importante: analisar se o público daquele meio é o SEU público.


Não adianta fechar uma parceria ou publi de um livro de terror com um bookinstagram ou youtuber que só resenha comédias românticas. É preciso ter certeza que seu público em potencial está por ali, ´para realmente valer a pena.


Como entrar em contato com esses meios e propor uma parceria ou publieditorial?


Acima de tudo: educação. Procure o e-mail oficial da pessoa ou o direct e se apresente. Parece besteira lembrar disso, mas muitos autores na afobação e ansiedade de fechar uma parceria, acabam esquecendo os bons modos. Diga boa noite, bom dia ou boa tarde. Dê seu nome, a sinopse do seu livro e pergunte educadamente se a pessoa teria interesse em realizar esse trabalho com você.


Em casos de publieditorial, sempre requisite o mídia kit. Normalmente esse arquivo contém todas as informações que você precisa saber sobre o serviço, desde qual é o público daquele canal e o alcance dele, até os preços envolvidos.


Nos dois casos, lembre que você está tratando com profissionais do meio, que possuem diferentes graus de influência e dedicam tempo e esforço nesses conteúdos. Valorizem os seus parceiros e prestadores de serviços.


O dilema dos publieditoriais


Existem algumas divergências sobre as publieditoriais quando o assunto é a resenha, já que o dinheiro envolvido poderia comprometer a "integridade" da opinião do comunicador, influencer ou comunicólogo. Por isso, muitos deles avisam abertamente que a resenha pode ser negativa, independente de ser paga ou devolvem metade da quantia após a leitura por não desejarem fazer algo que possa prejudicar o cliente.


Esse debate não é novo e já existe a bastante tempo no meio jornalístico. Se por um lado a opinião pode estar enviesada, por outro a pessoa que produzirá o conteúdo, passará horas desenvolvendo, lendo, editando e fazendo toda uma gama de trabalhos que, se não cobrados, podem não ter remuneração alguma, principalmente no caso de influencers.


O debate continua, mas a verdade é que os publieditoriais de livros chegaram para ficar e são uma opção para os escritores.


A Flyve lhe ajuda!


Na editora Flyve temos um setor específico que trabalha com as parcerias para a própria editora, todo mês. E o autor que tiver dúvidas ou quiser contratar um serviço para ajudar com esses espaços, ter uma orientação para o seu livro, pode procurar o setor de comunicação. A gente tá sempre pronto para apoiar nossos autores.


Gostou? Deixa aqui nos comentários suas dúvidas ou conta um pouco sobre a sua experiência com parcerias e publieditoriais!