A Flyve vai dar mais dinheiro para os autores

Estamos dando passos importantes no primeiro semestre, os quais você verá se realizando apenas no segundo, e chegou a hora de colocar em prática mais um deles.

Dessa vez vamos falar sobre o futuro dos e-books na Flyve, um produto que é revolucionário e importantíssimo, mas hoje não é bem utilizado nem por nós, nem pela maioria dos autores.


Porque e-books são incríveis:

- Altíssimo rendimento: a Amazon paga até 70% sobre as vendas diretas, além de gerar dinheiro também em páginas lidas, contra cerca de 20% que se consegue de lucro em um exemplar físico;

- Baixo investimento de manutenção: depois de pronto, o e-book raramente vai precisar de manutenção, diferente de livros físicos que precisam ser reimpressos;

- Plataforma que funciona: livros digitais podem ser vendidos em vários lugares, mas hoje a Flyve se concentra na Amazon Brasil que é a melhor plataforma e que concentra a maior parte das obras

- Dados claros e atualizados: os dados de downloads, faturamento e páginas lidas ajudam muito a compreender os resultados de campanhas ou falta delas, inclusive com campanhas gratuitas


O que há de novo?

A novidade é que a Flyve dará todo esse poder EXCLUSIVAMENTE para os autores. Ou seja, a editora Flyve em todos os seus selos vai passar o controle dos e-books para os autores, inclusive os royalties. Isso também quer dizer que vamos tirar os e-books do ar, por isso se você é um autor da Flyve, preste atenção:

A partir de Junho não teremos mais publicações de obras e-book ativas. Em m aio vamos manter os e-books funcionando e daremos esse tempo para os autores se adaptarem , soltando alguns produtos novos pra ajudar nesse processo, são eles :

- Arquivo com passo a passo de como publicar um e-book na Amazon do zero, desde a criação de conta até as vendas;

- Curso prático em vídeo de publicação de e-book na Amazon, da criação da conta até o ganho dos royalties;


Mas por que a Flyve está fazendo isso?

Cada dia mais a família de autores da Voe, Gigantus e Estúdio cresce, e crescerá ainda mais a partir de agora. Algo que notamos com esse desenvolvimento , olhando para os que já foram publicados, foi uma insegurança em alguns setores. Principalmente sentimos falta de mais transparência nos dados dos livros, mais ganho para os autores publicados e também uma falta de investimento realizado pela maioria dos autores. Tanto de tempo quanto financeiro.

Falta de transparência:

Hoje para um autor da editora saber seus dados de vendas e downloads ele precisa pedir por e-mail e o retorno demora bastante. É um dos pontos sobre os quais estamos trabalhando com o novo site que sairá em breve. Nele o autor poderá acompanhar em tempo real suas vendas, acessos e o quanto está ganhando de royalties.

Infelizmente com a Amazon isso é impossível. A plataforma não nos dá nenhuma opção para mostrar aos autores em tempo real os seus downloads, vendas e páginas lidas. Além de variar no quanto ela paga para nós

Por isso você vai ser o dono da sua publicação, podendo ver dia- a- dia como estão seus números, checando o resultado da sua divulgação e os dados reais de vendas, downloads e páginas lidas.

Mais transparência, mais confiança.


Mais dinheiro para os autores:

Outra coisa importante que queremos trazer com essa mudança, e talvez a principal, seja o ganho financeiro dos autores. Acho pessoalmente que ganhar 10% sobre vendas é pouquíssimo , mas realmente o mercado não permite mais que isso. Isso é, em vendas da forma comum, pela editora, envolvendo várias taxas, custos e responsabilidades vinculadas a pagamentos, logística e distribuição.

No entanto existem alternativas para os autores ganharem bem mais que 10%, e queremos empurrar cada um nessas direções.

Mais dinheiro no bolso do autor significa uma carreira mais rápida e mais saudável. O que também implica em mais leitores.

Tendo o e-book sob sua responsabilidade você passa a ganhar 100% sobre o faturamento, tanto de páginas lidas quanto de vendas de exemplares. Agora você terá uma grande motivação para conseguir leitores novos, além da possibilidade de reinvestir na sua carreira de várias formas.


Controle e evolução própria:

Por fim, outro resultado que esperamos ter com essa decisão é aumentar a qualidade comercial dos autores. Hoje a maioria dos escritores publicados na casa têm apenas os livros em POD à venda. Nem a editora nem eles têm estoque porque o título está empacado. Temos que ser realistas sempre, mas não vale a pena se desesperar e jogar tudo pra cima.

Os e-books não precisam de investimento para continuarem online e tem alto retorno, ou seja, é a ferramenta perfeita para um escritor que não pode investir em estoque próprio. Uma venda alta de e-books gera dinheiro, mas também reverbera no POD. Vendendo POD a editora percebe o potencial e faz estoque próprio, melhorando as condições de compra do físico.

É uma escadinha de acontecimentos que pode se tornar uma bola de neve, levando a obra até as prateleiras de livrarias físicas (estamos com planos bem realistas pra isso até final do ano).


Em resumo, e adicionando algumas coisas, você, autor, ao ter o controle total de seu e-book terá os seguintes benefícios:

- Mais acesso aos seus dados de vendas;

- Mais ganho financeiro;

- Motivações para desenvolver sua carreira e seu livro;

- Possibilidade de tornar seu livro mais conhecido;

- Controle sobre as plataformas que vendem seu e-book, maximizando seu alcance;

- Poder de atualizar seu livro imediatamente.


Acredite em mim, isso é um grande passo na direção certa. Na direção de maximizar o potencial da carreira de todos os escritores da Flyve.


Não é autor da Flyve, mas ficou curioso com essa visão?

Inscreva-se agora no selo que mais combina com seu objetivo de carreira.


Algumas coisas que você pode ter ficado em dúvida:

A Flyve não vai mais fazer e-books então?

Na verdade, nós vamos produzir os e-books de todos os autores, inclusive os novos, mas não vamos mais publicar todos.

E não vão mais ter e-books da Flyve a venda?

Vamos manter e atualizar o catálogo com livros tradicionais da editora. É algo que vamos expandir em 2021, com contratos que pedem exclusividade, diferente do habitual. Mas hoje temos apenas dois autores com contratos assim.

O que é o POD?

POD é um tipo de comércio de livro, chamado também como venda produção por demanda. A Flyve tem duas empresas parceiras que distribuem os seus livros em marketplaces como Amazon, Magalu, Americanas e Mercado Livre. Essas parceiras são gráficas logísticas, que imprimem e enviam livros conforme eles vendem. Se o livro vende um exemplar, eles imprimem esse um e enviam para o seu cliente.

POD parece deixar o livro super caro. É viável?

Depende. Para livros menores que são 14x21cm e até umas 300 páginas é incrível. O POD consegue ter um preço mega comercial, igual nós faríamos. Já livros com 16x23 ou muito grandes costumam ficar bem mais caros do que precisaria. É uma barreira a mais pra quem tem livro grande, mas é superável. Estamos buscando uma opção para esses autores que seja melhor.

Não consigo mexer com computador e não vou conseguir publicar o e-book. A Flyve pode manter o meu e-book?

Infelizmente não. Vamos fazer uma operação sem exceções. Se você não conseguir ou não quiser publicar seu e-book, ele ficará fora do mercado. Entendemos que alguns autores não tem o tempo ou a desenvoltura para fazer essa gestão, mas também entendemos que o mercado é muito competitivo e autores assim, de um jeito ou de outro, vão perder espaço para os que puderem e quiserem fazer dar certo.

E meus royalties sobre os e-books da Flyve?

Fizemos um levantamento sobre os royalties de todos os autores sobre o período de janeiro a março. Quem não foi pago ainda porque não forneceu informações de pagamento terá o valor como crédito no site novo. Da mesma forma vamos fazer com os e-books. No final de maio vamos tirar os e-books do ar e fazer um cálculo de royalties ganhos pelos autores. Se você autor tiver direito a royalties, ele será depositado como crédito na sua conta Flyve, uma novidade que chega em breve. Você poderá sacar dinheiro dela, sem taxas.

Obs: caso o sistema novo da Flyve não esteja pronto até julho, o valor de royalties será enviado para uma conta sua ou PIX que forneceu, respeitando o limite de 90 dias.